Cadastre-se
HOME
MODELO
SUPORTE
NOTÍCIAS
EMPRESA
CONTATO
 
CONTROLE
AÇÃO
PLANEJAMENTO
EXECUÇÃO
 
Ciclo CAPD  >  CONTROLE  >  C6  Padrões (benchmark)
 

É de fundamental importância ser colocado no indicador uma meta. Esta meta poderá inicialmente ser considerada como um padrão. Padrão é considerado como o desempenho mínimo aceitável.

Num segundo momento, tem-se que comparar o indicador com um referencial interno ou externo, de preferência de um mesmo processo a que representa o indicador. No caso de empresas com várias unidades, seria a comparação entre o desempenho de um mesmo processo, considerando a de melhor desempenho como a meta a ser alcançada.

No Identificação das causas (ver C9), é levado em consideração oito causas principais. Uma delas é a medida – desmembrada em medida interna e medida externa.

A medida (referência) externa pode ser referente a um aspecto legal, exigido por órgãos governamentais ou normas nacionais como a Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, ou internacionais como ISO, ITIL e COBIT.

Benchmark é uma medida, uma referência, um nível de performance, reconhecido como padrão de excelência para um processo de negócio específico (ver A3).

De excelência
O de melhor desempenho em nível nacional e detentor do PNQ - Prêmio Nacional da Qualidade
Competitivo
Concorrentes do mesmo ramo de negócio e da mesma área de atuação
Média do ramo
De empresas semelhantes (de outras regiões e/ou Estados). Podem ser utilizados de processos específicos entre empresas de ramos de negócios diferentes
Teóricos
Citados em publicações de renome
Interno
Obtido de outras áreas, departamentos, filiais da empresa
Localização geográfica
Concorrentes da área ou de fora da área de abrangência
De estratégias semelhantes
Comparativo com empresas que possuem particularidades comuns em relação às estratégias adotadas
Programas de benchmarking
Participação em programas de benchmarking, patrocinados por Entidades classistas, como Sindicatos e Conselhos Regionais da profissão
Sindicatos
Com atuação regional
Média do ramo
Pode ser obtido de Sindicatos

Ilustração 1 - Tipos de referenciais que poderão ser utilizados como metas.

O acompanhamento da evolução do indicador com o(s) referencial(is), deve ser realizado a cada processamento (atualização) do mesmo.

Uma das análises deve ser feita com relação à tendência, considerando-se no mínimo três pontos, verifica-se em quantas atualizações futuras se vai atingir o referencial.

Deve-se ter regras para o acompanhamento de cada ponto acrescentado ao gráfico do indicador, por exemplo, a quantidade de pontos abaixo do padrão mínimo, ou perto do limite inferior de controle.

Se a quantidade for de dois pontos é emitido um alerta, e se for de três pontos é verificado o processo que é representado pelo indicador.

Um exemplo bem-humorado é a campanha, veiculada na televisão em setembro de 2007, do produto cimento da empresa Votorantim Cimentos:


 

COPYRIGHT © 2007 Processo Consultoria Ltda.
web design MARCOS CARLSON
PROCESSO Consultoria