Cadastre-se
HOME
MODELO
SUPORTE
NOTÍCIAS
EMPRESA
CONTATO
 
CONTROLE
AÇÃO
PLANEJAMENTO
EXECUÇÃO
 
Ciclo CAPD  >  AÇÃO  >  A3  Comparação de práticas
 

Comparacão de práticas, ou benchmarking, é uma abordagem que pode injetar nova energia nos esforços de melhoria. É o processo de medição do desempenho da organização em relação a um requisito-chave de um cliente, adotando como referência o melhor desempenho da indústria ou então o melhor desempenho de qualquer indústria.

Seu propósito é estabelecer um padrão de referência para se comparar o desempenho da própria empresa, e para identificar um modelo, de forma a aprender como melhorar.
Um benchmark é um comprovante do grau de satisfação dos clientes de outras organizações.

Uma vez identificado um benchmark, a meta consiste em alcançar ou exceder esse padrão de referência, através de melhorias nos processos apropriados.

Definição do Relatório do Comitê Temático de Benchmarking da FNQ (2005):

Método para comparar o desempenho de algum processo, prática de gestão ou produto da organização com o de um processo, prática ou produto similar que esteja sendo executado de maneira mais eficaz e eficiente, na própria ou em outra organização, visando a entender as razões do desempenho superior, adaptar a realidade da organização e implementar melhorias significativas.

Etapas da abordagem:

  1. Qual a organização que executa melhor este trabalho?
  2. Como ela consegue fazê-lo?
  3. Como fazemos o trabalho atualmente?
  4. Como podemos empreender uma mudança, para nos equipararmos ao melhor nível, ou excedê-lo?

Princípios:
Reciprocidade, Analogia, Medição e Validade.

Tipos:
Interno, Externo, Processo (Funcional, Prática, Similar), Genérico, Competitivo, Grande Grupo (Colaborativo), Resultado, Produto, Excelência (Classe Mundial) e Estratégico.

Deverá ser utilizado pelas organizações um código de conduta ou ético específico.

 

COPYRIGHT © 2007 Processo Consultoria Ltda.
web design MARCOS CARLSON
PROCESSO Consultoria